Parlamentares denunciados na Lava Jato aguardam STF decidir se vão virar réus
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Denunciados pela Procuradoria Geral da República no âmbito da Operação Lava Jato, quatro deputados federais e quatro senadores seguem aguardando uma decisão por parte do Supremo Tribunal Federal (STF) para saber se responderão a ação penal na condição de réus.

 

São seis denúncias apresentadas entre 2017 e 2018, conforme o G1, e o STF ainda precisa decidir se as acusações preenchem os requisitos mínimos para serem recebidas e convertidas em processo criminal.

 

Entre as denúncias, duas envolvem cinco parlamentares e estão na pauta de julgamentos da Segunda Turma do STF da próxima terça-feira (11). Os casos, no entanto, já entraram na pauta diversas vezes neste ano sem terem sido efetivamente julgados.

 

De acordo com o portal, a expectativa para esta terça-feira é que seja definida pelo menos a situação de quatro integrantes da cúpula do PP, acusados de formação de organização criminosa para fraudar a Petrobras.

Histórico de Conteúdo