Após longa discussão, Câmara Municipal de Salvador aprova Estatuto da Igualdade Racial
Foto: Lucas Arraz / Bahia Notícias

A Câmara Municipal de Salvador (CMS) aprovou nesta quarta-feira (29) o Estatuto da Igualdade Racial e Combate a Intolerância Religiosa.

 

O projeto que foi protocolado há 10 anos pela então vereadora Olivia Santana (PCdoB) foi aprovado por aclamação sem a emenda que estendeu o combate à intolerância religiosa dos cultos de matriz africana e indígenas também a outras religiões, como as cristãs.

 

A sessão foi marcava por divergências entre vereadores da bancada evangélica e apoiadores do estatuto (lembre aqui). Após a tarde, o líder do governo de ACM Neto (DEM) cedeu à pressão e pediu que fosse retirada a emenda polêmica. A sugestão foi seguida pelos vereadores

Histórico de Conteúdo