Afetados pela cláusula de barreira, Jurandy Oliveira e Júnior Muniz acertam ingresso no PP
Muniz ingressou na base de Rui recentemente | Foto: Reprodução/ YouTube

Com 7 deputados estaduais atualmente, a bancada do PP na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) deve ganhar dois novos nomes para o próximo ano. 

O decano Jurandy Oliveira (PRP) e o recém-eleito Júnior Muniz (PHS) estão em negociações avançadas e em vias de selar seus ingressos no partido, presidido na Bahia pelo vice-governador João Leão.

Segundo informações obtidas pelo Bahia Notícias junto a uma fonte que acompanha de perto as conversas, Jurandy e Muniz trataram da mudança partidária com o próprio Leão e também com o deputado federal Ronaldo Carletto. 

A entrada dos dois no PP se deve ao fato de que eles foram eleitos por partidos que não conseguiram atingir a cláusula de barreira e, por isso, não terão acesso ao fundo partidário, algo que pode inviabilizar o futuro das legendas.

No caso de Muniz, ainda há outro fator: um imbróglio judicial envolvendo a presidência do PHS nacionalmente. Presidente do partido na Bahia, o deputado estadual eleito tem rusgas com Eduardo Machado, que voltou ao comando nacional da agremiação por decisão da Justiça. Dentro do partido, a avaliação é de que ele deve retirar Muniz da presidência do diretório estadual novamente (entenda aqui). Antes integrante da base do prefeito ACM Neto (DEM), o parlamentar ingressou no grupo do governador Rui Costa (PT) após romper relações com o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM). 

Jurandy e Muniz devem se filiar ao PP antes de serem diplomados como deputados, para evitar problemas com a Justiça Eleitoral, já que foram eleitos por outros partidos.

Com a entrada dos dois e chegando a 9 deputados, o PP passa a ter a segunda maior bancada da AL-BA, empatado com o PSD. Assim, a sigla amplia sua força dentro da Casa, principalmente em tempos de disputa pela presidência da Assembleia. Vale lembrar que o partido tem Nelson Leal como candidato ao cargo.

Histórico de Conteúdo