MDB anuncia que vai ficar neutro no segundo turno entre Haddad e Bolsonaro
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O presidente do MDB, senador Romero Jucá (RR), anunciou nesta quinta-feira (10) que o partido não vai apoiar nenhum dos candidatos à Presidência da República no segundo turno. Segundo o parlamentar, a decisão foi tomada após conversas com integrantes do partido.

 

"Nós não vamos apoiar nenhum dos dois candidatos. Estamos liberando os membros do MDB para votarem de acordo com a sua consciência”, declarou Jucá. No primeiro turno, o partido teve como candidato o ex-ministro Henrique Meirelles, que ficou em sétimo lugar na disputa, com 1,2% dos votos válidos.

 

Questionado se a decisão havia passado pelo presidente Michel Temer, Jucá admitiu que falou com ele, mas ressaltou que ela era do partido. "Ele aprovou a posição do partido. Não é uma decisão do presidente Temer, é uma decisão do partido”, declarou o senador.

Histórico de Conteúdo