Quinta, 14 de Junho de 2018 - 00:00

Justiça Eleitoral rejeita contas do PPS; sigla irá recorrer da decisão

por Júlia Vigné

Justiça Eleitoral rejeita contas do PPS; sigla irá recorrer da decisão
Foto: Câmara Municipal de Salvador

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) rejeitou as contas de 2015 do Diretório Estadual do Partido Popular Socialista (PPS). A reprovação ocorreu por “impropriedades e irregularidades” cometidas pelo partido nas contas, de acordo com decisão do juiz Rui Carlos Barata Lima Filho. “Desaprovam-se as contas tendo em vista que as falhas existentes obstam a plenitude do efetivo controle dessa justiça especializada sobre a contabilidade do partido, com a consequente devolução ao Tesouro Nacional de recursos identificados como de origem não identificada”, escreveu o juiz na decisão. Na época, o presidente da sigla era o atual vereador Joceval Rodrigues. De acordo com a defesa do partido, a sigla não comprovou gastos de R$ 3 mil doados. O PPS irá recorrer da decisão. “Faltou um documento que iremos juntar nos embargos”, afirmou o advogado eleitoral Ademir Ismerim. O Bahia Notícias entrou em contato com Joceval Rodrigues, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria.

Histórico de Conteúdo