Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Multa indevida a Monza 1996 foi causada por falha em fotossensor
Foto: Reprodução
A Transalvador informou nesta terça-feira (20) que o Monza 1996 que foi multado por andar em velocidade de 386 km/h foi “equivocadamente notificado” pelo órgão e que a falha já havia sido identificada pelo setor técnico da autarquia em um fotossensor, que já foi desligado e voltará a funcionar somente após ser reparado. “Informamos que esta e qualquer outra notificação que venha a apresentar problema será desconsiderada pela Transalvador, sendo que o notificado não sofrerá qualquer cobrança ou punição em decorrência dela. Caso algum cidadão verifique que foi notificado equivocadamente, pode apresentar reclamação junto à autarquia que será imediatamente atendido”, afirmou o órgão em nota. A Transalvador aponta ainda que não houve má-fé na emissão da notificação e que os fotossensores são “rigorosamente e periodicamente aferidos”.

Histórico de Conteúdo