Universidade lança Museu de Memes para auxiliar na pesquisa dos fenômenos da web
Foto: Reprodução
A Universidade Federal Fluminense (UFF) lançou um site nesta segunda-feira (15) para manter viva a memória da zueira internética: o Museu de Memes. Coordenado pelo professor da instituição, Viktor Chagas, e composto por cinco bolsistas e outros cinco voluntários, o acervo do projeto de pesquisa remonta a 2006 e 2007, sendo atualizado com frequência a partir de 2012. Dentre as pérolas devidamente registradas, estão Chapolin Sincero, Xuxa Desempregada e o Raio Gourmetizador. “Em sentido estrito, o #museu de memes consiste em uma atividade que envolve pesquisa, ensino e extensão, e tem como escopo a implementação de um espaço para discussão sobre a cultura dos memes e o desenvolvimento da pesquisa acadêmica sobre o tema. Este espaço, que vem se configurando na forma provocativa de um webmuseu, é um misto de três etapas distintas de produção, que envolvem alunos, professores, convidados externos, e o grande público: a etapa de planejamento, a etapa de organização do evento físico e a etapa de consolidação das discussões em ambiente virtual. Assim, o museu é, na verdade, uma experiência viva, que reúne e coleciona dinâmicas que têm se desenvolvido em ambiente presencial na universidade desde 2011 e procura dispô-las para o público na internet”, explica o site do projeto.

Histórico de Conteúdo