Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 13 de Novembro de 2014 - 09:40

Justiça proíbe manifestação de comerciários em lojas de Salvador

por Maria Garcia

Justiça proíbe manifestação de comerciários em lojas de Salvador
Foto: Reprodução/ Youtube/ Sindicato dos Comerciários
A Justiça do Trabalho acatou liminar do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado da Bahia (Sindilojas) nesta quarta-feira (12) que proíbe o Sindicato dos Comerciários de realizar manifestações dentro e fora de estabelecimentos de comércio. A ação de interdito proibitório foi apelada pelo Sindlojas diante da ameaça dos comerciários, nesta quarta-feira (12), de paralisar lojas nos principais shoppings de Salvador a partir da próxima segunda. Os manifestantes chegaram a tentar ocupar o shopping Piedade, sendo impedidos por seguranças. De acordo com decisão da Justiça, o sindicato não pode obstruir áreas de entrada e saída dos estabelecimentos comerciais, movimento ou piquetes no interior e proximidade das lojas, sob pena de multa diária no valor de R$ 15 mil. A decisão foi tomada pela juíza da 5ª Vara da Justiça do Trabalho, Cinthia Aguiar. Os sindicalistas exigem uma contraproposta às reinvidicações da categoria, após expiração da data-base em março. 

Histórico de Conteúdo