Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

 Aumenta para 58 número de casos de HIV identificados durante a Copa em Salvador
Foto: Joilson César / Ag Haack / Bahia Notícias
Após o fim da Copa do Mundo neste domingo (14), o Projeto Proteja o Gol – que aplicou exames de HIV e Sífilis durante dos dias de Fan Fest –, identificou em Salvador 58 casos de soropositivos. Os pacientes foram encaminhados para o Serviço Municipal de Assistência Especializada (Semae), localizado na Liberdade, e para o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) Marymar Novais, nos Dendezeiros, onde farão o tratamento gratuito da doença. Até o dia 4 de julho, o número de portadores de vírus HIV identificados era 35. O projeto foi promovido pela prefeitura de Salvador durante os dias de torneio. Por conta dos mais de 2 mil exames realizados, a cidade registrou o melhor desempenho em comparação a outras cidades-sede. Além disso, mais de 520 mil preservativos, femininos e masculinos, foram distribuídos no Farol da Barra. 


Histórico de Conteúdo