Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 07 de Julho de 2014 - 18:20

Após acordo, Assembleia adia votação de projeto que altera estrutura da PM

por Juliana Almirante

Após acordo, Assembleia adia votação de projeto que altera estrutura da PM
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
As lideranças da oposição e situação da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL-BA) entraram em acordo para postergar a votação do Projeto de Lei que altera as estruturas organizacionais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. A matéria só deve ser apreciada pelos deputados após o recesso parlamentar, que dura 30 dias. O vice-líder da minoria Carlos Gaban (DEM) havia alegado que a proposta precisava de mais discussão com associações que representam as categorias, principalmente no ponto que altera o comando da PM do governador para o secretário de Segurança Pública. “Espero já votar [após o recesso] o projeto da PM e do Corpo de Bombeiros, que são importantes. A gente tem mais de 30 projetos tramitando na Casa, em condições de ser apreciados. Poderia fazer depois do recesso um cronograma de votação. O que a gente não pode é deixar os projetos sem votação para não causar os desgastes para o Legislativo”, sugeriu o democrata ao líder do governo, Zé Neto (PT). O petista indicou que o projeto, alvo de reivindicação durante a greve da PM, seja retomado na segunda semana de agosto.


Histórico de Conteúdo