Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Procurador Geral da República pede ao STF que Prisco seja avaliado por junta médica
Foto: Divulgação
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o vereador Marco Prisco (PSDB), líder das últimas três greves da Polícia Militar na Bahia, seja avaliado com urgência por uma junta médica. O parecer foi emitido nesta segunda-feira (12), em resposta a um pedido de prisão domiciliar feito pela defesa do edil. No último dia 4, Prisco foi socorrido do Presídio da Papuda, onde está preso desde o dia 18 de abril, com suspeita de infarto – negado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal –, e desde então está internado no Hospital Regional da Asa Norte, em Brasília. A ordem judicial, motivada pela greve da PM de 2012, determina que ele seja custodiado em instituição prisional federal. Com informações da Agência Brasil.

Histórico de Conteúdo