Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

A Comissão Eleitoral Independente da África do Sul informou nesta sexta-feira (9) que o partido Congresso Nacional Africano (CNA) venceu as eleições legislativas realizadas na última quarta-feira (7) com 62,16% dos votos. Esta é a quinta vitória consecutiva do grupo governista no país. O partido opositor Aliança Democrática (AD) ficou em segundo lugar com 22,15% dos votos. O resultado permitirá que o atual presidente, Jacob Zuma, renove o mandato por mais cinco anos. A primeira eleição da qual participaram os chamados born-free, ou “nascidos livres”, depois do fim do apartheid, em 1994, mostrou que o CNA continua forte no país, mas que a Aliança Democrática se consolidou como partido de oposição, com crescimento de seis pontos percentuais após as eleições de 2009. A terceira força no parlamento será o partido dos Lutadores da Liberdade Econômica (EFF, sigla em inglês), criado pelo ex-líder da juventude do CNA, Julius Mandela. O EFF obteve 6,31% dos votos.


Histórico de Conteúdo