Procuradoria mantém pedido de perda de mandato do deputado Sargento Isidório
Foto: Lucas Franco / Bahia Notícias
Finalizada a instrução do processo, a Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA) se manifestou favorável à ação de perda de mandato no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) contra o deputado estadual Sargento Isidório, que trocou o PSB pelo PSC em outubro do ano passado. A PRE acredita que houve desfiliação sem justa causa. O parlamentar alegou mudança substancial no programa do partido socialista e ser alvo de grave discriminação pessoal. Após declarações polêmicas sobre a homossexualidade, o PSB emitiu nota de repúdio às declarações de Isidório e instaurou procedimento interno contra ele, que disse ser discriminado por suas opiniões. O entendimento do procurador regional eleitoral José Alfredo, no entanto, é de que as medidas adotadas pela sigla não constituem discriminação pessoal, e sim atitudes condizentes com o regimento interno da sigla. O procurador também rebate o argumento utilizado pelo deputado, de que o PSB modificou o seu programa ao romper com a base governista e lançar candidato próprio ao governo da Bahia. “Quando há rompimento para lançamento de candidato próprio, não há mudança substancial, pois o partido está cumprindo o papel para o qual foi idealizado e criado. Nenhum partido é criado para ser satélite, mero comensal, de outro”, diz José Alfredo.

Histórico de Conteúdo