Uma manifestação trava trecho do Km 526 da BR-101 na tarde desta terça-feira (11), de acordo com a Polícia Rodoviária Federal na Bahia. Equipes da PRF-BA já estão no local. A morte de Juraci Santana, líder do assentamento Ipiranga, na localidade de Maroim, no sul do estado, motiva o protesto dos moradores. De acordo com nota divulgada pelo deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN), o assassinato do homem acontece quatro dias após a retirada da base fixa da Força Nacional de Segurança da área conflitada, por determinação do Ministério da Justiça. A suspeita é de que índios teriam invadido e matado o líder do assentamento. Ainda segundo o comunicado do parlamentar, a mulher de Juraci está desaparecida desde a madrugada. O líder dos assentados já teria relatado à Polícia Federal que sofria ameaças de lideranças indígenas. O deputado faz um apelo para que a zona de conflito receba reforço. “A Força Nacional de Segurança precisa voltar à região com urgência para acalmar os ânimos, fazer voltar a tranquilidade e dar segurança às pessoas”, pediu Bacelar.

Histórico de Conteúdo