Sexta, 29 de Novembro de 2013 - 18:40

Após alertar para risco de derrota, Gabrielli volta atrás e defende Rui Costa: ‘Agrega mais’

por Sandro Freitas / Alexandre Galvão

Após alertar para risco de derrota, Gabrielli volta atrás e defende Rui Costa: ‘Agrega mais’
Foto: Bahia Notícias
O secretário de Planejamento da Bahia (Seplan), José Sérgio Gabrielli, que havia se colocado como um dos nomes para concorrer ao cargo de governador do Estado pelo PT, em entrevista ao Bahia Notícias, adotou o tom paz e amor após a indicação de Rui Costa. “O partido está unificado e fez uma escolha que reafirma a importância do PT na decisão”, disse. Segundo Gabrielli, a escolha de Rui é importante por ser, dos quatro pré-candidatos, “o nome que agrega mais”. O chefe da Seplan, que só deve deixar o cargo sob determinação do governador Jaques Wagner, afirmou também que manteve até o último minuto a sua candidatura. “É um processo que acabou. Vamos entrar em campanha”, afirmou, com um semblante mais tranquilo. Já na agenda da eleição, o PT tem para o mês de janeiro de 2014 a conferência eleitoral e também um encontro nacional para aprovar a política de coligações da legenda. Há um dia, o ex-presidente da Petrobras chegou a dizer que a sigla "corria o risco de ser derrotada" no pleito de 2014, minutos depois de saber que o governador Jaques Wagner havia manifestado sua preferência por Rui Costa.

Histórico de Conteúdo