STF expede mandado de prisão; Dirceu e Genoino já podem ser presos
Foto: Felipe Rau e Alex Silva/Estadão
O Supremo Tribunal Federal expediu nesta sexta-feira (15) o mandado de prisão do deputado federal licenciado José Genoino (PT). A informação foi confirmada pelo advogado Luiz Fernando Pacheco, quando entrava na casa de seu cliente.  Segundo o Estadão, Genoino foi condenado a 6 anos e 11 meses de prisão pela participação no esquema do mensalão e deverá cumprir parte da pena em regime semiaberto.  No início da tarde desta sexta, o ex-presidente do PT, José Genoino, divulgou uma nota oficial na tarde desta sexta-feira (15) na qual reitera ser inocente e diz considerar-se um "preso político". Genoino, que também já teve sua ordem de prisão expedida, disse ainda ter sido condenado por que era presidente do PT na época do escândalo e afirma que não existem provas das acusações contra ele. "O empréstimo que avalizei foi registrado e quitado", diz a nota. Segundo a Folha, os mandados foram enviados à Polícia Federal, que deve tentar cumpri-los ainda nesta sexta. Há relatos de que em algumas cidades réus já se preparam para se entregar. Não é certo quando eles serão transferidos a Brasília, onde começarão a cumprir suas penas.

Histórico de Conteúdo