Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Política

Notícia

Câmara derrubaria possível veto a cobrança de ISS a incorporadoras, avalia vereador

Por Rodrigo Aguiar

Câmara derrubaria possível veto a cobrança de ISS a incorporadoras, avalia vereador
Foto: Tiago Melo / Bahia Notícias
Presidente do Legislativo soteropolitano, o vereador Paulo Câmara (PSDB) afirmou nesta segunda-feira (10) que a Casa deve derrubar um possível veto do prefeito ACM Neto à cobrança do Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS) para incorporações imobiliárias. Inicialmente proposta na reforma tributária, a cobrança gerou reclamações da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário no Estado da Bahia (Ademi-BA) junto ao gestor. Diante dos protestos, uma emenda feita pelo vereador Edvaldo Brito (PTB) propôs a retirada da medida. No entanto, durante a votação da reforma na última quinta-feira (6), a Câmara rejeitou a emenda e manteve a cobrança do imposto. “Caso o prefeito vete [a cobrança], o sentimento na Casa hoje é de derrubar o veto”, confirmou o tucano, em entrevista aos jornalistas Evilásio Júnior e Cristóvão Rodrigues, no programa Bahia Alerta, da Rádio Sucesso FM 93,1. O presidente da Casa prometeu retomar, com o fim da discussão sobre a reforma tributária, o debate sobre o voto aberto e a mudança do regimento interno. Autor de um projeto que propõe reduzir as situações em que se aplica o voto secreto, Paulo Câmara anunciou a retomada do assunto ainda esta semana, em reunião com os líderes partidários. “Estamos ali para dar satisfação ao eleitorado. Ainda esse mês, vamos entrar em campo. E tem ainda a reforma do regimento, que tem mais de 30 anos”, lembrou.