Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Política

Notícia

Emenda é rejeitada e cobrança de ISS para incorporadoras é mantida

Por Rodrigo Aguiar

Emenda é rejeitada e cobrança de ISS para incorporadoras é mantida
Foto: Rodrigo Aguiar/ Bahia Notícias
Primeira parte da reforma tributária do Executivo municipal, o projeto 160/2013 foi aprovado na madrugada desta quinta-feira (6) na Câmara de Salvador. Um dos pontos de maior discussão, a cobrança do Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS) para incorporações imobiliárias foi mantida. A medida estava prevista no artigo 72 da matéria e causou reclamações da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário no Estado da Bahia (Ademi-BA). A entidade rejeitou a proposta e protestou junto ao prefeito ACM Neto (DEM). Para atender ao pleito dos dirigentes imobiliários, uma emenda foi apresentada pelo vereador Edvaldo Brito (PTB), segundo Nilson Sarti. “Tem um compromisso do prefeito ACM Neto de retirar do projeto essa questão, que é um pleito da Ademi-BA e do Fórum Empresarial da Bahia”, chegou a declarar o comandante da associação. No entanto, uma articulação política de vereadores rejeitou tal emenda durante a votação da reforma tributária na Câmara.