Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

O Senado aprovou nesta terça-feira (7), em segundo turno e por 60 votos a 4, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna obrigatório o diploma de nível superior em jornalismo para o exercício da profissão. A matéria já havia sido aprovada em primeiro turno em novembro do ano passado e esperou nove meses para ser apreciada novamente. Agora, a proposta segue para votação na Câmara dos Deputados. De acordo com o texto da PEC, não será exigido o diploma para o colaborador, ou seja, a pessoa que, sem relação de emprego, produz trabalho de natureza técnica, científica ou cultural, ligado à sua especialização. Em junho de 2009, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a obrigatoriedade do diploma para jornalistas. 

Histórico de Conteúdo