Globo transmite VT da luta de Cigano como ao vivo e revolta telespectadores
Emissora foi bombardeada no Twitter durante a madrugada
O card principal do UFC 146 foi mais rápido que a Rede Globo esperava. A emissora, que havia prometido exibir a defesa de cinturão do brasileiro Júnior Cigano contra Frank Mir, foi traída por quatro lutas encerradas ainda no primeiro round e o telespectador que esperava ver a disputa dos pesos pesados acabou obrigado a assistir o filme “A Casa das Coelhinhas”. No intervalo do filme, a emissora ainda apresentou a chamada do UFC Combate para a luta depois que Cigano já havia vencido o adversário por nocaute. A atitude de prometer o desafio ao vivo e exibir a reprise não agradou aos telespectadores. Quem não havia comprado o pacote no pay per view usou as redes sociais para reclamar da atitude da emissora. Por volta de 1h30, a Globo começou a transmissão do evento, e o narrador Sérgio Maurício anunciou a luta como “ao vivo”, 35 minutos após Cigano vencer o combate. Por causa disso, os internautas bombardearam o Twitter com a hashtag #globofail.

Histórico de Conteúdo