Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bispa Sônia terá que devolver R$ 785 mil aos cofres públicos
A bispa Sônia terá que devolver aos cofres públicos R$ 785 mil. O Tribunal de Contas da União (TCU) negou recurso da defesa e manteve a condenação de uma das fundadoras da Igreja Renascer. Além de ressarcir o dinheiro, ela também foi multada em R$ 100 mil. Em 2004 e 2005, o Ministério da Educação, por meio do FNDE, repassou as verbas questionadas à Fundação Renascer, que deveria ter utilizado os recursos para alfabetizar jovens e adultos. Na época, a fundação era presidida por Sônia. Uma tomada de contas especial foi realizada devido à "inépcia da prestação de contas do convênio". A Corte afirma que saques foram feitos na conta do convênio sem que o destinatário dos recursos fosse identificado. Além disso, o tribunal ainda apontou outras irregularidades.

Histórico de Conteúdo