Segunda, 06 de Julho de 2020 - 10:20

Porto Seguro: Prefeitura pede desculpas por fala de médica bolsonarista

por Francis Juliano

Porto Seguro: Prefeitura pede desculpas por fala de médica bolsonarista
Foto: Reprodução / Sesab

A prefeitura de Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, pediu desculpas em nota neste domingo (5) por declarações de uma médica em canal da gestão. No dia 30, Raissa Soares usou uma rede social da prefeitura para afirmar, entre outras coisas, que caso os médicos tivessem “medo de dar hidroxicloroquina” para casos de Covid-19, ficassem em casa.

 

A resposta da prefeitura veio depois também de uma nota divulgada por cerca de 25 médicos, a maioria do Hospital Luis Eduardo Magalhães onde Raissa trabalhou até semana passada. “Lamentamos por declaração dada por uma médica do município em uma de nossas redes sociais em entrevista veiculada no último dia 30 de junho, que tinha como objetivo esclarecer dúvidas acerca do protocolo e da medicação adotados pelo município de Porto Seguro. Ressaltamos que não corroboramos com a fala e repudiamos qualquer tipo de interferência nas condutas adotadas pelos médicos que têm total direito de exercer a profissão com autonomia, não sendo obrigados a prestar serviços que contrariem sua consciência ou que não desejem, cabendo a cada um deles zelar pelo perfeito desempenho ético da medicina e bom conceito da profissão”, diz trecho da nota da prefeitura.

 

Até o momento, autoridades científicas não atestam a eficácia do medicamento para tratar o novo coronavírus, e a Sociedade Brasileira de Infectologia não recomenda o uso para Covid-19. No entanto, o Ministério da Saúde liberou a medicação. No sábado, Raissa Soares, que tinha pedido o remédio ao presidente Bolsonaro, foi atendida (ver aqui).

Histórico de Conteúdo