Terça, 26 de Maio de 2020 - 11:30

Por prova em Silverstone, Boris Johnson pensa em excluir F1 de quarentena

por Folhapress

Por prova em Silverstone, Boris Johnson pensa em excluir F1 de quarentena
Foto: Divulgação / Fórmula 1

Uma medida do governo britânico que envolve quarentena obrigatória para quem chegar ao Reino Unido nos próximos dias agitou diretamente os bastidores da Fórmula 1.

Isto porque há um plano de se ter dois Grandes Prêmios de Silverstone, em 26 de julho e 2 de agosto, para minimizar os efeitos do calendário, prejudicados pela pandemia do coronavírus.

Tentando impedir um adiamento (ou cancelamento) das provas por conta da regra que envolve isolamento de 14 dias, o primeiro-ministro Boris Johnson decidiu intervir na questão e conversou com ministros e membros da Fórmula 1 nesta segunda-feira (25), de acordo com o The Times.

A ideia do premiê é flexibilizar esta regra para toda a Fórmula 1, assim, com a isenção, fica garantido que todos os envolvidos possam chegar à Inglaterra e trabalhar normalmente.

Caso isso não consiga ser feito em tempo hábil, Silverstone poderia receber provas até agosto caso se torne necessário. Depois deste período, os GPs teriam que ser cancelados, já que a intenção da F1 é cumprir a agenda na Ásia.

Até o momento, todas as provas do calendário ocorrerão sem a presença de público.



Histórico de Conteúdo