Terça, 22 de Janeiro de 2019 - 12:30

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder

*Não é boa a situação do Correria. Diante das suas alianças e amizades, não consegue nomes para a sua administração. Até pensei em dar uma força, apresentar um um cara bom pro seu governo: CACHEMBERG, assessor direto de Arlindo Pirão Duro. Mas seria um desperdício para nossa comunidade e, diante da sua competência, geraria uma ciumeira dos roda presa. Ele já que ele tem muito o que fazer aqui na ilha.

 

*A cena da semana ficou por conta do abraço de urso entre o Correria e o Soberano. Falsidade pura. Um não suporta o outro. Nem o Senhor do Bonfim conseguirá o milagre da união. Nem eles querem.

 

*Como tem moral pelas bandas das Obras Sociais de Irmã Dulce, o Correria aproveitou a passagem para trocar de camisa e chegar limpinho para tomar banho de cheiro das baianas. Já o Soberano chegou com a camisa amarela de tanto suor.

 

*Defundo Lavado não saiu de perto de Correria na Lavagem do Bonfim. Inclusive, o governador estava rodeado de "seguranças" da Seap. Isso tudo para garantir que tudo ocorresse bem.

 

*Marcelo "Cunha" nunca teve pique para caminhar do Comércio até o Bonfim, mas agora coube ao Genro Querido representar a família no percurso. Tava tão quente que ele aproveitou para tomar uma cerveja dentro de uma lata de refrigerante.

 

*Quem não tava nem aí foi Silvinho, O Terrível. Ele tava meio alterado depois de algumas cervejinhas. Ostentava sem pudor o copo na mão.

 

*Aline não aguentou o trajeto completo e deixou Correria sozinho durante a maior parte do percurso.

 

*Fez escola. Ou alguém sabe dizer como #sabetudoAlôPrates conseguiu chegar tão rápido na Colina Sagrada? Tava junto de Zé RUIndade esperando a chegada do Correria, mas ficou bem discreto para não parecer que estava na comitiva.


*Comandante estava bem vestido com a camisa dos padrinhos, mas na hora de tirar foto pra imprensa, preferiu tirar e ficar de branco. Está querendo sair da cota do PR do governo?

 

*Fabíola tadinha, deu pena. Precisou usar carteirada para entrar no adro da igreja. Esqueceram de dar a pulseirinha do governo para ela integrar a comitiva do Correria. Será que é uma mensagem para o PSB?

 

*Não passou despercebida a presença de gente do Correria no bloco do Soberano e vice-versa. Foi uma misturada nesse sincretismo do Bonfim.

 

*Inclusive, foi legal de ver gente da comitiva do Soberano usando a pulseirinha com a marca do Governo da Bahia. Pelo menos o prefeito não precisou usar, né?

 

*O Boneco de Olinda, também conhecido como Piligrino, lançou-se como candidato a prefeito. Na verdade ele quer é barganhar uma vaga que vai abrir no Tribunal de Contas dos Municípios. Voto para prefeito não tem, prefere colocar o pijama e ir para o TCM. Tô com pena dos conselheiros.


*O núcleo duro que ronda o Capitão queria para líder do governo o nosso Zé da Bola Murcha. Zé acabou perdendo a parada para o Major Vitor Hugo, que é do PSL. Bola Murcha está parecendo mais um camaleão, acendendo uma vela para o Capitão e outra para o Correria


*Cento e quarenta deputados já podem se aposentar. Entre os sortudos estão o Capitão, com direito a colocar no bolso, todos os meses, a bagatela de R$ 33,7 mil. Entre os baianos “premiados” estão o Correria, e os “pijameiros” Bitelo, Mandacaru e o Sobrinho do Velho. Também vai participar desta mamata Serginho Sabe Tudo de Feira.


*Marcelo "Cunha" não aliviou para Coronel Card. O rombo na Assembleia é creditado exclusivamente na conta do Coronel. Este não está nem aí. Prefere continuar criando factoides.

 

*Aliás, o nosso "Cunha" anda meio azedo. Há quem diga que está com dor de cotovelo.


*O Pernambucano está advogando para que Seo Barriga possa assumir cargo de destaque na administração do “chefe”. Perto de concluir seu mandato como marinheiro do clube das “zelites”, Seo Barriga sonha que este dia chegue logo. O moço não aguenta esperar. Na ansiedade come mais e engorda mais ainda.

 

*Aliás, Seo Barriga tá com tudo. Dizem que seu primo Jonga "Problema" tenta com Bola Murcha indicá-lo para a Setur.


*O zum zum zum que rola aqui em Itaparica é que o Correria quer ressuscitar dona Dilma e Fernando Pimentel, que destruiu Minas Gerais. Fico a imaginar um governo com Correria e dona Dilma no comando. Ia ser mau humor todos os dias, e o dia todo. 


*Agora quem circulou faceira no aniversário do Correria foi a pequena Eva, afilhada de dona Dilma. Delegada chefa no governo do Galego, está com cara que quer voltar. Quem apostar leva. 

 

*Esses dias soube que Bic vai lançar uma linha aproveitando a popularidade do governo do Capitão. Parece que a caneta vai vir com uma borracha presa, pra facilitar apagar as coisas depois...

 

*Saiba quem são as personalidades citadas aqui:

  

Soberano                                             ACM Neto

Correria                                               Rui Costa

Harry Potter Envelhecido               Guilherme Bellintani

Galego                                                 Jaques Wagner

Bitelo                                                  Lúcio Vieira Lima

Coronel Card                                     Angelo Coronel

Mandacaru                                         Jutahy Júnior  

Jonga “Problema”                            João Carlos Bacelar  (PR)

Piligrino/Boneco de Olinda              Nelson Pelegrino

Capitão                                              Jair Bolsonaro

Zé “Bola Murcha”                             José Rocha   

Sobrinho do Velho                            Paulo Magalhães

Marcelo "Cunha"                              Marcelo Nilo

Pernambucano                                 João Roma

Defunto Lavado                                 Nestor Duarte

#sabetudoAlôPrates                        Léo Prates

Zé RUIndade                                     José Trindade

Comandante                                     José Alves

Serginho Sabe Tudo de Feira         Sérgio Brito

 

*Se você tem alguma sugestão, pode mandar para zecadeaphonso@bahianoticias.com.br ou, se preferir, vá ao Facebook de Zeca de Aphonso e conte!

Histórico de Conteúdo