Terça, 16 de Outubro de 2018 - 12:30

Curtas do Poder

por Zeca de Aphonso

Curtas do Poder

*#sabetudo ficou decepcionado com a votação recebida em Salvador. Com total apoio da estrutura da prefeitura e tendo o Gatinho como maior cabo eleitoral, obter apenas 25 mil votos foi uma verdadeira derrota. Apesar de boa gente, o "homi" é pesado.


*A debandada da turma do Soberano é visível. O agora deputado eleito #sabetudo quer ganhar vôo próprio e sair da saia do Soberano. Já está arrumando as malas para subir o altar com Bonitinho. Não vai nem esperar as bênçãos do Soberano.


*Passados três dias das eleições, Gato Félix anunciou nas redes sociais que no segundo turno vai votar no 12 de Ciro "Pavio Curto" Gomes. Com aliados destes, querendo confundir a cabeça dos eleitores, o Correria não precisa de inimigos.


*Recebi ligação dizendo que tinha esquecido de Zé da "Boca Mole" quando, na semana passada, falei de pijama e netos. Ledo engano. "Boca Mole" já deveria ter vestido suas ceroulas desde o momento que deixou o "Dotô" na mão. Sem voto e atirando pra todo lado, "Boca Mole" agora vai curtir a aposentadoria.


*Prevendo a aposentadoria do papai "Boca Mole", o filho emplacou uma licitação cavernosa na Prodeb como forma de garantir a vida tranquila dele e do papai para os próximos anos. Farinha pouca meu pirão primeiro. #AvansysBrasil


*O Assessor Ostentação arrumou as malas e voltou para suas origens. No mercado político o pessoal o compara a uma nota de R$ 3. 


*O Soberano queria ser o coordenador da campanha de Bolsonaro na Bahia. Depois de dar a Picolé de Chuchu míseros 28 mil votos em Salvador, entrou em contato com os assessores da turma de Bolsonaro que lhe deram um sonoro NÃO às suas pretensões.


*O Soberano está parecendo cachorro que cai do caminhão em dia de mudança. Ainda não se aprumou e vai demorar de encontrar o caminho. 


*Chamou atenção de todos os presentes a cara de “satisfação” de Gargamel na coletiva de imprensa do Soberano. Acho que não sabia o que fazia ali. Estava do jeito que passou na campanha, totalmente perdido.


*Gargamel, também conhecido como Zé da "Feira", entrou mudo e saiu calado da coletiva comandada pelo Soberano para explicar a chulapada sofrida nas urnas. Até agora ele não sabe por que entrou nesta roubada. Só sabe que o convenceu.


*Camaleão, em forte campanha para assumir a presidência da Câmara dos Vereadores, montou um time de peso. Bibo Pai e Bob Filho, a família Gaban, Átila Filho e outros menos votados compõem o front da forte articulação política. Com esta turma, Camaleão não se elege nem síndico de prédio.


*Na Assembleia vai ser de foice a briga pela presidência. A turma do PP, capitaneada por Nelson Nada Leal, já se reuniu com Vitor da Agricultura e Reinaldo Xique-Xique, que depois de dez mandatos não quer perder a boquinha.   


*Fico a imaginar como seria a votação dos comunas sem a Sudesb, Bahiagás e a secretaria. O Correria bem que poderia insinuar, só insinuar, dizer que vai trocar eles de lugar. Ia ser um Deus nos acuda dos diabos.


*A coisa está apertando para a família Cedraz. A Procuradoria Geral da República denunciou pai e filho por tráfico de influência. O outrora bem sucedido advogado tá vendo a hora de dormir na Papuda. O sócio já está hospedado lá.


*O PV ficou à deriva nas eleições. Sem o apoio prometido viu suas apostas serem dizimadas nas urnas. Alias a maior delas, Sérgio Rei na Barriga, já posava de deputado eleito. 


*Correria não está para brincadeira. Depois da avalanche de votos do moço, que nunca foi de fazer graça pra ninguém, agora vai ser o verdadeiro carne de pescoço.

 

*Aliás, quem está mais próximo já providenciou o Rivotril, porque o mau humor vai ser dobrado.


*Isaac de Juazeiro não vai descansar, nem poupar dinheiro, para tomar o lugar de Leur na Câmara. Quero ver até que ponto Paulo Bonfim vai botar o dele na reta. 


*Ocultação de patrimônio e evasão fiscal ronda o jurássico da Câmara de Vereadores. A PF pode fechar a jaula dos animais a qualquer momento.


*O deputado Sidelvan, que foi expurgado da Igreja Universal, parece que debandou para o candomblé. De tanta reza para os orixás a coisa deu certo. Desafeto mortal de Tia Eron, o moço comemorou a derrocada da “nega que ninguém manda”.


*Luiz Augusto Boi era um bom vivant e não escondia de ninguém. Sempre de bem com a vida, relaxou tanto que perdeu a eleição. Agora vai ser assessor do Tio Boi pelas bandas de Guanambi.

 

*Saiba quem são as personalidades citadas aqui:

 

Soberano                                              ACM Neto

Correria                                                Rui Costa

Gargamel                                              Zé Ronaldo   

Picolé de Chuchu                                Geraldo Alckmin

“Dotô”                                                   Otto Alencar

#sabetudo                                             Léo Prates

Gatinho                                                 Bruno Reis

Bonitinho                                             Cacá Leão

Gato Félix                                             Félix Mendonça Júnior

Assessor Ostentação                         Júnior Muniz

Zé da “Boca Mole”                              José Carlos Araújo

Bibo Pai                                                Alan Sanches

Bob Filho                                              Duda Sanches

Camaleão                                             Henrique Carballal

Isaac de Juazeiro                                Isaac Carvalho

Vitor da Agricultura                            Vitor Bonfim
Reinaldo Xique-Xique                         Reinaldo Braga
Sérgio Rei na Barriga                         Sérgio Carneiro

 

*Se você tem alguma sugestão, pode mandar para zecadeaphonso@bahianoticias.com.br ou, se preferir, vá ao Facebook de Zeca de Aphonso e conte!

Histórico de Conteúdo