Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Anunciada por Bruno há 2 semanas, licitação de obra de Mário Cravo Jr. segue em aberto
Foto: Divulgação

Anunciada no dia 9 de abril por Bruno Reis, a abertura da licitação para reconstruir o “Monumento à Cidade de Salvador” - de autoria de Mário Cravo Jr. - ainda não foi oficializada (relembre).  Na ocasião, o prefeito da capital baiana afirmou que o processo licitatório seria iniciado na semana seguinte ao anúncio, o que não ocorreu até então. 

 

Em nota enviada ao Bahia Notícias, a Prefeitura informou que "o termo de referência para a reforma do Monumento à Cidade de Salvador, de Mário Cravo Jr., está em fase de ajustes técnicos e de orçamento para, posteriormente, ser lançada a licitação para execução da obra". Sobre a previsão para a abertura da licitação, a Secretaria de Comunicação de Salvador informou que "a equipe técnica acredita que pode acontecer ainda neste semestre". 

 

Em janeiro deste ano, Fernando Guerreiro, presidente da Fundação Gregório de Mattos (FGM) - órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo voltado para a preservação do patrimônio histórico, cultural e artístico da cidade -, destacou que o processo burocrático de responsabilidade da FGM estava adiantado. Ele também estimou que a obra seria reinaugurada no segundo semestre de 2021, já com material anti-chamas.  

 

“Todo o termo de referência está pronto e agora já estamos partindo para a licitação. Então, uma vez licitada e a empresa ganhando essa licitação, a gente começa a execução da obra. Eu acho que em setembro ou outubro a gente está com isso aí para inaugurar”, disse Guerreiro, à época, em entrevista exclusiva ao Bahia Notícias.

 

Localizado no bairro do Comércio, a escultura também conhecida como “Monumento Fonte da Rampa do Mercado” foi destruído por um incêndio em dezembro de 2019 (clique aqui).  

Histórico de Conteúdo