Segunda, 14 de Setembro de 2020 - 19:50

'Deixa comigo': Ministra Damares promete tomar medidas contra filme da Netflix

por Bruno Leite

'Deixa comigo': Ministra Damares promete tomar medidas contra filme da Netflix
Foto: Reprodução / Sérgio Lima / Poder360

A ministra das Mulheres, Família e dos Direitos Humanos, pastora Damares Alves, garantiu que a pasta que gere vai tomar uma posição em relação a Netflix, mais especificamente quanto ao título "Cuties", que está sendo criticado por setores mais conservadores ligados ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

 

Os conservadores acusam o filme de promoção da sexualização infantil por conta do pôster de lançamento internacional, que traz meninas vestidas com trajes de lycra durante um concurso de dança. 

 

Nas redes sociais, Damares respondeu o tweet do comentarista Leandro Roschel, que fez um post em que chama a atenção da ministra para a produção. "Cara Damares Alves, a senhora já ficou sabendo de filme na platadorma Netflix que sexualiza crianças? É preciso acabar com esse crime", disparou Leandro, que também escreveu a hastag "Pedoflix". 

 

Em resposta, a pastora afirmou: "Não vamos ficar de braços cruzados. Deixa comigo". E continuou em outra postagem, reproduzindo uma matéria do site da revista Veja que noticia as acusações de sexualização: "Já estudamos que medidas podem ser tomadas".

 

 

 

Vencedor do prêmio de melhor direção na seção de cinema mundial do Festival de Sundance, "Cuties" é uma produção franco-senegaleza que retrata justamente a sexualização precoce como algo nocivo.

 

No mês passado, a própria Netflix classificou o pôster criticado por setores conservadores bolsonaristas como inaprorpiado. A arte foi substituída pelo serviço de streaming na divulgação do título.

Histórico de Conteúdo