Pandemia e estreias canceladas nos cinemas fazem Oscar 2021 ser adiado para abril
Foto: Oscar / Reprodução

Partindo para a 93ª edição, o Oscar teve a cerimônia de 2021 adiada de fevereiro para abril do mesmo ano. De acordo com o G1, a decisão da Academia de Artes Cinematográficas de Hollywood foi tomada diante da pandemia da Covid-19 e estreias canceladas nos cinemas. 

 

Além da mudança de datas, os organizadores vão dar oportunidade a produtores que terão filmes lançados até o dia 28 de fevereiro de 2021, antiga data da premiação. Antes do adiamento, só eram possíveis concorrer filmes e documentários que fossem exibidos em 2020. 

 

Somente outras três vezes o Oscar precisou ser adiado. A primeira vez aconteceu em 1938 quando a cidade de Los Angeles foi inundada. A segunda vez em 1968 quando Martin Luther King Jr. foi morto e a terceira, em 1981, quando o então presidente Ronald Reagan sofreu uma tentativa de assassinato. 

 

Com a alteração no cronograma para o ano que vem, o anúncio dos finalistas será feito no dia 9 de fevereiro de 2021. Em seguida, no dia 15 de março de 2021, serão anunciados os indicados e, por fim, a cerimônia no dia 25 de abril de 2021. 

Histórico de Conteúdo