Domingo, 25 de Agosto de 2019 - 19:05

'É minha obrigação defender a democracia', diz Ana Cañas no Festival Lula Livre

por Lucas Arraz / Matheus Caldas

'É minha obrigação defender a democracia', diz Ana Cañas no Festival Lula Livre
Foto: Lucas Arraz / Bahia Notícias

A cantora Ana Canãs foi uma das apresentações do Festival Lula Livre, neste domingo (25), no Farol da Barra. A artista disse que não se apresentou de forma voluntária no evento, mas como uma forma de “obrigação” de “defender a democracia”.

“Não sou voluntária, não. É minha obrigação defender a democracia, a liberdade. São prisões políticas, não só do Lula, mas muitas pessoas”, afirmou. “Eu acho que minha obrigação como artista é defender o lado certo: da justiça social, da equidade, liberdade para pessoas pretas, pobres, periféricas, Rafael Braga que ainda está preso. Então, estamos aqui para denunciar esse aparato judicial racista, misógino, fascista. Vamos continuar na luta até conseguir tudo que a gente acha justo”, acrescentou.

A artista também comentou sobre ter sido atingida por um ovo, durante apresentação na Festa Literária Internacional de Mucugê (Fligê), na Chapada Diamantina, no domingo passado (19) (leia mais aqui). “É uma reação esperada. Eu sou sempre atacada pelas coisas que defendo... por haters na internet, ou nos shows. Não foi a primeira vez. Mas esse foi um ato muito isolado, porque foi um dos shows mais bonitos do ano para mim. Eu amo cantar muito na Bahia. É um público muito receptivo, amoroso, um público politizado, maioria de esquerda. Eu sempre devolvo a violência com afeto, amor, porque estamos a gente está lutando inclusive por essas pessoas, e eles não sabem”, ponderou.

Histórico de Conteúdo