Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Terceiro Turno': O entrave entre o setor de eventos e o governo da BA durante a pandemia
Arte: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Desde os últimos meses de 2022, o setor de eventos na Bahia vinha retomando suas atividades. Com o avanço na vacinação em todo o país, os empresários baianos se preparavam para retomar as grandes festas do verão de Salvador. Entretanto, a chegada a variante ômicron no Brasil começou a mudar um pouco as perspectivas.

 

Com o aumento do número de casos e de internações provocadas pela nova variante da Covid, o governo do estado, que havia liberado eventos para até 5 mil pessoas, voltou atrás no dia 10 de janeiro, e reduziu o limite máximo para 3 mil pessoas.

 

A mudança, considerada repentina pelos empresários, provocou o cancelamento de diversas festas, grande parte delas já com ingressos vendidos. Para piorar a situação do setor de eventos, uma nova redução do público máximo, agora para 1.500 pessoas, resultou no cancelamento da maioria dos shows marcados para o verão de Salvador. Os empresários, então, protestam, reclamando da falta de diálogo do governo Rui Costa com o setor de eventos.

 

Neste episódio do Terceiro Turno, os repórteres Gabriel Lopes, Lula Bonfim e Anderson Ramos discutem a relação conturbada entre o governo Rui Costa e o setor de eventos durante a pandemia da Covid-19, bem como suas repercussões políticas e econômicas no estado.

 

Com edição de Paulo Victor Nadal, o podcast está disponível no nosso site todas as sextas-feiras, sempre às 8h10, e nas principais plataformas de streaming: SpotifyDeezerApple PodcastsGoogle PodcastsCastbox e TuneIn.

Histórico de Conteúdo