Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Marca Bahia Notícias
Você está em:
/
Notícia
/
Geral

Notícia

FIM DO VOTO SECRETO DEPENDE DE 38 VOTOS

Na verdade, a protelação da votação da PEC pode ter outro significado. Exemplo: o líder governista quer ganhar tempo para arregimentar votos suficientes (e necessários) para aprovação da matéria. O fim do voto aberto deixa os deputados vulneráveis a votações em processos de cassação de mandato, apreciação de vetos do governador, indicação de procuradores, desembargadores e eleição para conselheiros. Tanto oposição como mebros da situação, sobretudo do PMDB, já disseram que vão votar contra. Caso isso aconteça o governo terá a sua segunda derrota no plenário da Assembléia Legislativa. Matérias como PEC precisam de 38 votos, número exato de deputados que a base governista tem. Sendo assim, a votação (ou melhor a aprovação) está nas mãos dos peemedebistas. "Não acredito que o PMDB vá ser contra, já que o partido foi a favor durante a votação na CCJ do Senado", argumento Waldenor. Briga boa vem pela frente.