Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 22 de Julho de 2022 - 00:00

Município baiano tem terceira maior incidência de eleitores analfabetos do Brasil

por Leonardo Almeida

Município baiano tem terceira maior incidência de eleitores analfabetos do Brasil
Foto: Priscila Melo/Bahia Notícias

O município de Érico Cardoso, na região da Bacia do Paramirim na Bahia, possui o terceiro maior número de analfabetos em seu eleitorado do Brasil. De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a cidade possui 27,46% (2.448 pessoas) de analfabetos entre os seus eleitores para as eleições deste ano.

 

Na comparação nacional, o município baiano ficou atrás apenas de duas cidades, sendo ambas do Amazonas: Envira (32,15%) e Ipixuna (29,37%). Em relação ao Nordeste, Érico Cardoso tem o maior número iletrados entre os municípios da região.

 

Na 20ª colocação na comparação nacional, a cidade de Caturama, também da Bacia de Caramirim, aparece entre os municípios com maior incidência de analfabetos em seu eleitorado, com 24,45% (1.883 pessoas).

 

Entre as 27 federações presentes no Brasil, a Bahia é a 6ª com maior porcentagem de iletrados para as eleições de outubro. O estado possui mais de 700 mil pessoas analfabetas para o processo democrático deste ano, representando 6,85% do eleitorado.

 

Apesar disso, o estado da Bahia foi o que mais reduziu a baixa escolaridade em seu eleitorado entre as federações do Nordeste nas eleições deste ano. Em 2018, os eleitores da categoria representavam 49,76% do eleitorado baiano, enquanto neste ano esse número caiu para 42,67% (veja aqui).

 

A Bahia também foi o estado que mais reduziu o eleitorado com Ensino Fundamental Incompleto na região Nordeste. Nas últimas eleições gerais, esse número representava 25,22% dos eleitores baianos, em 2022 a porcentagem caiu para 22,78%, uma redução de 2,44%.

 

Em relação às 27 unidades da federação, a Bahia é o 15º estado com maior número de eleitores com Ensino Fundamental Incompleto. 

 

No que se refere aos eleitores com Ensino Superior Completo, a Bahia tem apenas 7,77% de seu eleitorado com o diploma, ocupando o 22° lugar entre os estados com maior participação da categoria nas eleições deste ano.

 

Vale lembrar que a Bahia possui o quarto maior eleitorado do Brasil para o processo democrático em outubro (relembre aqui). De acordo com o TSE, o estado possui mais de 11 milhões de pessoas aptas para votar, um recorde histórico para a federação.

 

Confira os 10 municípios baianos com maior incidência de analfabetos em seu eleitorado:

 

 

Clique para ampliar | Imagem: Bahia Notícias

 

NORDESTE

Em relação a 2018, o Nordeste reduziu a porcentagem de eleitores com baixa escolaridade. Enquanto nas últimas eleições gerais a região tinha cerca de 48% de seus eleitores na categoria, em 2022 esse número caiu para 43,23% (18,13 milhões).

 

Apesar da redução, o Nordeste ainda é o eleitorado com maior participação de pessoas com baixa escolaridade. Atrás dos nordestinos vêm as regiões: Norte (37,34%), Sul (30,88%), Sudeste (30,32%) e Centro-Oeste (29,75%).

 

Além disso, entre os 10 estados com maior participação de analfabetos em seu eleitorado, 8 são nordestinos e apenas dois são da região Norte. 

 

Para a categoria de escolaridade baixa, foram levados em consideração os conjuntos de: Ensino Fundamental Incompleto, Analfabetos e Lê e Escreve.

Histórico de Conteúdo