Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 27 de Junho de 2022 - 17:00

Lula pode não participar do cortejo de 2 de Julho, mas ato na Fonte Nova é garantido

por Fernando Duarte / Lula Bonfim

Lula pode não participar do cortejo de 2 de Julho, mas ato na Fonte Nova é garantido
Foto: Divulgação / PT-BA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) estará em Salvador no próximo dia 2 de Julho, data em que se comemora a Independência do Brasil na Bahia, mas pode não participar do tradicional cortejo entre a Lapinha e o Campo Grande.

 

De acordo com o presidente estadual do PT, Éden Valadares, a grande preocupação é o problema logístico que a presença de Lula pode causar aos festejos.

 

"Estamos preocupados com a logística da Lapinha. Não queremos atrapalhar a festa da independência e o presidente Lula estar na Bahia durante os festejos já é uma homenagem ao 2 de Julho. Ele quer ir para o cortejo, mas sabemos que a presença de Lula naturalmente atrai muita gente e poderia atrapalhar os festejos", afirmou Éden, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Ainda conforme informações passadas por Éden, o desejo de Lula é participar do cortejo, mas o PT baiano, ciente da capacidade do ex-presidente de arrastar multidões no estado, tenta fazer o pré-candidato repensar a decisão, para não atrapalhar o desfile.

 

Por outro lado, a presença de Lula em um ato marcado para a Arena Fonte Nova no mesmo sábado (2), às 11h, está confirmada. Segundo Éden, o PT protocolou junto à prefeitura de Salvador e à Polícia Militar, na última segunda-feira (20), a realização do evento. Os petistas esperam um público de aproximadamente 20 mil pessoas.

Histórico de Conteúdo