Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Partido de Bolsonaro define empresa para auditoria paralela nas eleições
Foto: Reprodução / TSE

O Partido Liberal, partido do presidente Jair Bolsonaro assina em breve o contrato com o Instituto Voto Legal, do engenheiro Carlos Rocha, para a auditoria das eleições. 

 

A legenda já credenciou a empresa junto ao TSE, mas chegou a conversar com outras empresas que atuam em segurança e fraudes como alternativas, segundo o colunista Lauro Jardim.

 

O problema, porém, é que a legislação diz que a contratada não pode ter fins lucrativos. Como o PL não conseguiu encontrar nenhum outro instituto, vai mesmo assinar o contrato de R$ 1,35 milhão com a empresa de Rocha.

Histórico de Conteúdo