Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Após indicação de deputados, Gualberto diz que voto em Bolsonaro no 1º turno é 'despropósito'
Foto: Priscila Melo / Bahia Notícias

A ideia de ter um "voto útil" foi refutada pelo prefeito de Mata de São João, João Gualberto (PSDB). Anteriormente, o deputado estadual Tiago Correia (PSDB) afirmou que votará pela reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) (veja aqui). Já Gualberto apontou que a indicação seria um "despropósito".

 

"Aqui deve ficar livre, cada um dentro de sua consciência. Eu acho isso um despropósito. Definir um candidato agora, com toda amizade que tenho aos dois [Tiago Correia e Paulo Câmara], respeito, é a posição deles, mas quero um Brasil diferente. Não vou discutir no segundo turno, se temos ainda o primeiro", disse. 

 

Gualberto indicou que deverá optar pelo voto na "terceira via". "Vou votar em Simone [Tebet], quem sabe Eduardo [Leite], ou o próprio Ciro [Gomes]. Nessas três opções. Ouvi falar de Tasso, não conversei com ele. Mas eu vou trabalhar muito para esses três candidatos. Estou vendo o posicionamento do partido. Vou ficar nesses três nomes", revelou ao Bahia Notícias. 

Histórico de Conteúdo