Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Idosa é encontrada morta dentro de apartamento no bairro do Itaigara
Foto: Reprodução Redes Sociais

A idosa Rita Maria Britto Fragoso e Silva, de 62 anos, foi encontrada morta dentro do seu apartamento no bairro do Itaigara, em Salvador, com um fio de carregador enrolado no pescoço e ferimentos pelo corpo. Para o G1, a Polícia Civil informou que o corpo foi encontrado no sábado (14), em estado de decomposição.

 

Ainda de acordo com a polícia, os ferimentos foram causados por objeto perfurocortante, algo semelhante a uma faca, mas a perícia deve identificar o que foi usado para atacara a vítima. Não há informações sobre a autoria, nem sobre a motivação do crime.

 

 Familiares afirmam que os documentos, o notebook e o celular de Rita Maria foram levados do imóvel e informaram ainda que ela estava trancada no próprio quarto e a porta principal do apartamento também estava trancada.

 

Os parentes de Rita Maria Britto afirmam que tentavam contato com ela desde quinta-feira (12). No sábado, após dias sem informações, uma pessoa da família foi até o prédio. O familiar disse que encontrou a vitima deitada na cama com um travesseiro no rosto e sentiu um mau cheiro. Incialmente, achou que a morte teria sido natural. Após a chegada do Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Instituto Médico Legal (IML) foi constatado que a morte aconteceu na quinta-feira.

 

O sepultamento de Maria Rita seria realizado neste domingo, em Salvador, mas a família informou que o corpo não foi liberado a tempo para o enterro. O sepultamento está previsto para às 15h, de segunda-feira (16), no Cemitério Jardim da Saudade.

Histórico de Conteúdo