Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Desistência de Leão teria gerado 'divergências', mas Cacá aposta em diálogo com bancada
Foto: Mauricio Leiro / Bahia Notícias

A decisão de mudança entre João Leão e Cacá Leão como o nome que vai disputar o Senado na chapa de ACM Neto (União) (reveja aqui) pode ter causado um certo desconforto em alguns deputados federais do Progressistas. O agora pré-candidato ao Senado, deputado federal Cacá Leão, apontou que apesar das divergências, "vai ficar tudo bem" com o partido. 

 

"É bom que aconteçam até para que possamos aperfeiçoar os modelos. Eu sou um homem do diálogo, o deputado Cajado é um grande amigo, comecei na política com ele, fui votado por ele em 2010 em Dias D'ávila, tenho certeza que nós vamos continuar conversando e dialogando e vai ficar tudo bem", apontou Cacá. 

 

Segundo Cacá, a decisão de Leão "foi tomada no sábado à noite". "No domingo conversamos e na segunda finalizamos a conversa com membros do partido. Estão aqui Jabes, Eduardo Salles, Aderbal Caldas que não me deixam mentir. É claro que ninguém agrada todo mundo, divergências podem acontecer, vivemos em uma democracia", finalizou.

Histórico de Conteúdo