Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ex-prefeito de Salvador, João Henrique vai disputar vaga na Câmara dos Deputados
Foto: Rebeca Menezes / Bahia Notícias

O ex-prefeito de Salvador, João Henrique, vai disputar uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de outubro pelo PDT, partido que faz parte da base do pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (UB). 

 

Esta é a terceira tentativa de João Henrique de voltar a um cargo público desde que saiu da gestão da capital baiana, em 2012. Em 2016 tentou uma cadeira na Câmara Municipal de Salvador pelo PR, mas com 5.292 votos não conseguiu se eleger. Já em 2018, disputou o Palácio de Ondina pelo PRTB. Na disputa, ele obteve 38.960 votos ficando atrás de Marcos Mendes (PSOL), Zé Ronaldo (DEM) e Rui Costa (PT), que foi reeleito com 75% dos votos.

 

Recentemente João Henrique voltou aos holofotes. O Tribunal de Contas do Município (TCM) manteve as condenações do ex-prefeito de Salvador, e o ex-secretário de Educação, Cultura, Lazer e Turismo (Secult) de sua gestão, João Carlos Bacelar. De acordo com o órgão, cada um deve devolver ao município R$ 47,7 milhões. A condenação foi dada por irregularidades e desvio de recursos em convênios celebrados com a ONG Fundação Pierre Bourdieu, em 2011 e 2012 (veja aqui).

Histórico de Conteúdo