Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 04 de Março de 2022 - 18:40

Rui sobe tom contra Bolsonaro e diz que irá deixar governo da Bahia com 'alma lavada'

por Bruno Leite, de Seabra / Mauricio Leiro

Rui sobe tom contra Bolsonaro e diz que irá deixar governo da Bahia com 'alma lavada'
Foto: Bruno Leite / Bahia Notícias

No último ano de mandato, o governador Rui Costa (PT) disse que irá deixar o cargo "de alma lavada" e com aprovação do povo baiano. Rui pode antecipar a saída do governo, por conta da possível disputa ao Senado nas eleições do final do ano. O governador esteve na entrega de uma maternidade em Seabra nesta sexta-feira (4).

 

"Me sinto de alma lavada, com aprovação. Não guardo para mim essa aprovação. A cabeça com que eu governo, com a qual eu tomo decisões, é com a imagem de 2014, na eleição, no dia que Wagner me chamou para acompanhar a eleição no Palácio. Eu disse que iria lá, depois, mas queria ficar com minha mulher e meus filhos. Quando saiu o resultado, fizemos uma oração e me veio uma imagem que, quando Deus permitiu que eu chegasse ali. Ele lá de cima, com aquela senhora [minha mãe], sendo tão pobre, com necessidade ele consegue cuidar e amar de tantas pessoas, ele iria colocar esse menino para fazer isso no governo da Bahia", comentou. 

 

Rui também subiu o tom contra o governo federal, em especial com o presidente Jair Bolsonaro (PL). "Eu não esperava ver gente tão ruim e desumana sentada na cadeira do presidente. Não tem nada com filiação, tem com humanidade. Cito tantos impropérios, idiotices que o presidente já falou. É um cara desumano, cruel. É um cara covarde com as pessoas que mais precisam. Eu fico perplexo", disse. 

Histórico de Conteúdo