Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Alta de casos da Covid-19 resulta em manifestação virtual de fé ao Senhor do Bonfim
Foto: Divulgação / Prefeitura de Salvador

Após o cancelamento da tradicional Lavagem do Bonfim por conta do aumento do número de casos da Covid-19 e da gripe H3N2, uma nova programação foi pensada para os fiéis. Nesta quinta-feira (13), dia em que ocorreria o tradicional cortejo na Cidade Baixa, não haverá nenhuma programação presencial no local. As missas poderão ser acompanhadas no site da Basílica. 

 

No entanto, será realizada uma homenagem póstuma aos mais de 620 mil mortos pela Covid-19 no Brasil, além da mensagem e bênção do padre Edson Menezes, reitor da Basílica, que será transmitida pelas redes sociais da Basílica e pelo site do santuário  às 10h30. A igreja só será aberta às 18h, para a missa da novena.

 

De acordo com a gestão municipal, para manter viva a tradição, de maneira adaptada aos cuidados sanitários exigidos neste momento, ocorrerá ainda a Caminhada Virtual do Bonfim – Quem tem fé vai a pé, onde estiver. Os participantes são convidados a praticar um gesto de solidariedade adquirindo uma camisa, no valor de R$33, a ser revertida ao projeto Bom Samaritano, desenvolvido pela própria Basílica do Bonfim. 

 

O padre Edson Menezes falou sobre a importância de manter a fé viva, mesmo sem a tradicional procissão, respeitando a preservação da vida diante das condições sanitárias do momento. “Eu tenho pensado e agradecido a Deus por ter nos inspirado a tomar essa decisão. Vendo agora o jeito que as coisas estão, observamos que foi uma ação assertiva. A característica da festa em 2022 deve ser voltada, basicamente, para oração. O momento é de orar e pedir proteção ao Nosso Senhor do Bonfim”, afirmou.

 

Iniciada no dia 8, a novena segue até o sábado (15), com transmissão ao vivo através das redes sociais da Basílica, às 19h. As reflexões têm como tema Papa Francisco, Vigário do Amado Jesus, Senhor do Bonfim, convida-nos a participar da vida da Igreja e da sua Missão, e o lema: Por uma Igreja Sinodal: Comunhão, Participação e Missão.

 

No domingo (16), no dia da Festa do Senhor do Bonfim, a programação terá início com o repique dos sinos da Basílica, às 5h. Às 10h30, o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, o Cardeal Sérgio da Rocha, presidirá a Missa Solene e ao final da celebração concederá a Bênção Apostólica com Indulgência Plenária.

 

Durante todo o dia, a imagem peregrina do Senhor do Bonfim ficará exposta na frente da Basílica. Para encerrar a programação, às 18h, acontecerá um momento de oração pela contenção da atual pandemia, da violência e de outros males da atualidade.

Histórico de Conteúdo