Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Empresários tentam emplacar Carnaval em circuito fechado no Comércio; entenda
Foto: Igor Santos/ Secom

Um grupo de empresários tem tentado convencer a prefeitura de Salvador a autorizar a realização de festejos de Carnaval em um circuito fechado na região do Comércio. Segundo informações obtidas pelo Bahia Notícias, esse grupo prevê sete portais de controle de pessoas que exigiriam comprovação vacinal e manteriam o acesso restrito, dentro de protocolos de segurança.

 

A proposta é similar à estrutura proposta para o Afódromo e já descartada no passado e enfrenta resistência por parte da gestão soteropolitana. A expectativa, conforme informações de bastidores, é limitar o número de participantes em 50 mil pessoas - número 10 vezes superior ao atualmente autorizado pelos protocolos sanitários pelo governo da Bahia.

 

Além da possibilidade de um circuito fechado no Comércio, esse grupo ainda sugeriu algo semelhante na região final do circuito Barra-Ondina, também em uma modalidade com acesso restrito. A hipótese, contudo, já teria sido descartada antes mesmo de uma procura informal pelo aval da prefeitura da capital baiana.

Histórico de Conteúdo