Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Menos de 24h depois de inauguração, touro dourado da B3 é alvo de protesto contra fome
Foto: Reprodução

Menos de 24 horas após ser inaugurado, o touro dourado instalado pela B3 no Centro de São Paulo (leia mais aqui) foi alvo de protesto. Apesar de ser vigiada por seguranças contratados pela Bolsa de Valores, o monumento amanheceu com adesivos com a palavra "fome" grudados na lateral da estátua. A manifestação foi reivindicada pelo coletivo Juventude Fogo no Pavio.

 

A obra de São Paulo foi comparada na internet com o famoso "Charging Bull" de Nova York, e ganhou apelidos como "Vaca Louca do Anhangabaú" e "Touro da Cracolândia".

 

Nas redes sociais, o coletivo Fogo do Pavio afirmou que "o touro ganhou a marca do Brasil de Bolsonaro" e que não há nada o que comemorar em alusão ao aumento da fome e do desemprego no país durante o governo de Jair Bolsonaro.

 

"O que para eles simboliza a força do mercado financeiro, para nós é um símbolo da fome, da miséria e da superexploração do trabalho. Mas, também é um lembrete de que continuaremos na luta por uma vida com dignidade. E é por isso que hoje fizemos essa ação simbólica de protesto", diz a nota do coletivo.

Histórico de Conteúdo