Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 18 de Outubro de 2021 - 12:00

Grupo de ACM Neto vai 'trabalhar pela manutenção do apoio' do MDB

por Anderson Ramos / Jade Coelho

Grupo de ACM Neto vai 'trabalhar pela manutenção do apoio' do MDB
Foto: Anderson Ramos / Bahia Notícias

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM-UB), vê com “natural” a movimentação da base do governo da Bahia que tenta negociar uma nova aliança com o MDB. Segundo o senador Jaques Wagner, existem conversas com Lúcio Vieira Lima e, na opinião do petista, o MDB não está satisfeito no grupo liderado pelo ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM/UB) (leia mais aqui). 

 

Mesmo com toda “naturalidade” do processo, o prefeito de Salvador avisou que o grupo vai trabalhar pela manutenção desse apoio. “Tenha certeza que eu na condição de prefeito, parceiro do MDB, que faz parte do conjunto de partidos que compõe nossa aliança, vamos trabalhar pela manutenção desse apoio”, disse nesta segunda-feira (18).

 

Bruno Reis, que também é vice-presidente do União Brasil, previu que, por mais que os diálogos já estejam sendo travados neste momento, os martelos só devem ser batidos no ano que vem.

 

“O MDB foi parceiro e tem sido nas últimas eleições, inclusive com forte representação na politica da nossa cidade e no estado, é natural que nesse momento ocorram conversas políticas. Elas estão ocorrendo entre todos. Mas também é natural que essas decisões só ocorram no ano que vem. A gente tem aí uma preocupação quanto a este calendário, por conta do fim das coligações proporcionais”, disse.

Histórico de Conteúdo