Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 01 de Outubro de 2021 - 16:00

Com incremento de 8,37%, Bruno Reis envia orçamento de 2022 para Câmara de Salvador

por Matheus Caldas

Com incremento de 8,37%, Bruno Reis envia orçamento de 2022 para Câmara de Salvador
Foto: Matheus Caldas / Bahia Notícias

A prefeitura de Salvador enviou à Câmara Municipal o projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2022. O texto foi divulgado na última quinta-feira (30) no sistema do Legislativo municipal.

 

Na matéria, o prefeito Bruno Reis (DEM) propõe um orçamento de R$ 8.703.094.000,00 – crescimento de 8,37 % em relação a 2021. 

 

“É oportuno destacar que, não obstante o incremento projetado, a presente Proposta Orçamentária foi construída em um cenário de elevada incerteza, causada pela crise sanitária da Covid-19 iniciada em 2020 e que ainda estamos vivenciando e administrando os seus reflexos perversos, que incidiram não apenas na saúde pública, mas na economia, alcançando todos os segmentos da sociedade e de forma mais aguda os estratos mais vulneráveis, onde se fazem sentir fortemente a crise do desemprego e a necessidade do amparo público”, justifica o prefeito.

 

Além da crise gerada pela pandemia, Reis cita a “crise hídrica”, que influencia no setor enérgico, “e as questões decorrentes da instabilidade política em âmbito nacional, que vêm influenciando a elevação da taxa inflacionária e os juros de mercado, impondo, consequentemente, retração no crescimento econômico, haja vista que uma ambiência de insegurança e instabilidade é pouco atrativa ao investidor privado”. 

 

Para o chefe do Palácio Thomé de Souza, tanto a LOA, quanto o Plano Plurianual 2022-2025, “incorporam essas diretrizes políticas com a crença de se estar trilhando na direção certa do restabelecimento da normalidade e de um ciclo virtuoso de desenvolvimento econômico e social da capital baiana”. 

Histórico de Conteúdo