Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 16 de Setembro de 2021 - 22:00

Cortejado por Leão, Geraldo Jr. reafirma desejo de manter MDB junto a ACM Neto

por Lula Bonfim

Cortejado por Leão, Geraldo Jr. reafirma desejo de manter MDB junto a ACM Neto
Geraldo Jr. e Bruno Reis | Foto: Lula Bonfim / Bahia Notícias

O presidente da Câmara de Vereadores de Salvador, Geraldo Jr. (MDB), reafirmou, nesta quinta-feira (16), o desejo de manter seu partido junto ao grupo liderado por ACM Neto (DEM) na Bahia. O MDB tem sido cortejado pelo vice-governador João Leão (PP) para que se junte à aliança que sustenta o governo Rui Costa (PT).

 

“O vice-governador João Leão é um amigo de longas datas, de ordem familiar. Ele sempre teve uma deferência muito especial a mim e à minha família. Ele me fez um convite, em função do que eu venho traduzindo na história da política da nossa cidade, mas eu já falei que a minha vontade é que nosso partido possa caminhar com o ex-prefeito da cidade e pré-candidato ao governo do estado ACM Neto”, disse Geraldo.

 

O vereador ponderou, no entanto, que, apesar de sua posição pessoal, ele respeitará qualquer decisão que venha do comando do MDB, mesmo que seja em sentido contrário, com apoio ao grupo liderado pelo petista Rui Costa.

 

“Eu sou um homem de partido. Essa decisão vem da executiva nacional, pela presidência do deputado federal Baleia Rossi, e aqui no estado através da executiva estadual com o presidente Alex Futuca. Eu sou um soldado. Aprendi na vida que as coisas funcionam quando você tem disciplina. E eu tenho a disciplina partidária”, afirmou o presidente da Câmara.

 

Hoje base de apoio à gestão de Bruno Reis (DEM) na prefeitura de Salvador, o MDB ainda discute quem apoiar para o governo do estado em 2022. Apesar de Geraldo Jr. se manter fiel ao grupo liderado por ACM Neto, o ex-deputado federal Lúcio Vieira Lima (MDB), importante liderança estadual do partido, afirmou ao Bahia Notícias nesta quinta que nada está decidido e que Jaques Wagner (PT) e João Roma (Republicanos) também são opções (veja aqui).

Histórico de Conteúdo