Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 09 de Setembro de 2021 - 00:00

'PSL é o maior partido, é natural a presidência', diz Azi sobre fusão com DEM

por Mauricio Leiro

'PSL é o maior partido, é natural a presidência', diz Azi sobre fusão com DEM
Foto: Divulgação

Com a iminência de uma fusão entre o Democratas e o PSL (reveja aqui), a presidência da nova legenda deve ficar com Luciano Bivar, atual representante do PSL. De acordo com o presidente do DEM Bahia, deputado federal Paulo Azi, existe uma possibilidade "razoável" desse movimento se concretizar.

 

"Temos a convicção que mantido o sistema eleitoral atual, sem coligações, vai forçar a fusão de diversos partidos. É muito bom para o sistema político brasileiro, queremos nos antecipar. Estamos discutindo, conversando. Passa pelo entendimento de vários estados da federação, é possível que aconteça. Como o PSL é o maior partido, é natural que a presidência fique com ele. A discussão se dá nesses termos, de esticar. Todos irão passar a ser um só. É uma relação de confiança de todos. Se vai ser A ou B que vai assumir", comentou ao BN. 

 

Azi ressaltou que Neto e Bivar têm uma "relação cordial" e que o debate ainda continua. "Não só agora, mas desde da época de Rodrigo Maia. Ela está se estreitando com a possibilidade. É uma fase de discussão que ainda vai ver uma discussão mais pormenorizada no nosso partido", disse.

 

Por sua vez, a formação dessa nova legenda sepultaria a chance do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de se filiar ao partido. Neto tem subido o tom contra o presidente, e, juntamente com Bivar, assinaram carta conjunta em que repudiam os ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) feitos pelo presidente, durante discurso no 7 de Setembro (veja aqui). 

Histórico de Conteúdo