Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Vídeo mostra babá entre apartamentos no Imbuí; ex-funcionárias relatam agressões
Foto: Reprodução / TV Bahia

Após a repercussão do caso da babá Raiana Ribeiro da Silva, que alega ter pulado do terceiro andar de um prédio no bairro do Imbuí para fugir de um suposto cárcere privado feito pela patroa vir à tona (veja aqui), outras seis ex-funcionárias relataram ter sofrido agressões da mesma mulher.

 

Nesta quinta-feira (26), Melina Esteves França prestou depoimento na delegacia da Boca do Rio. A acusada não falou com a imprensa e foi ouvida por cerca de seis horas.

 

De acordo com o Ministério Público do Trabalho, Melina afirmou que a babá se jogou do banheiro do imóvel depois de ter entrado em luta corporal com ela. A mulher também disse que teria ligado para a polícia antes da queda.

 

Raiana, que também prestou depoimento ontem na mesma delegacia, disse que se trancou no banheiro para fugir das recorrentes agressões, que teriam começado após ter pedido demissão. Asssim como Raiana, as outras funcionárias relatam ao G1 o comportamento agressivo, ausência de registro e recusa de pagar pelo trabalho de babás ou trabalhadoras domésticas vinda de Melina.

 

As investigações seguem e mais testemunhas devem prestar depoimento nesta sexta. Um vídeo feito por moradores de um prédio vizinho, mostra a babá entre os apartamentos, momentos depois de ter pulado. Veja:

 

Histórico de Conteúdo