Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 26 de Agosto de 2021 - 12:25

Aberto ao diálogo, Lula sinaliza para exceção com ACM Neto por disposição do ex-prefeito

por Gabriel Lopes / Jade Coelho

Aberto ao diálogo, Lula sinaliza para exceção com ACM Neto por disposição do ex-prefeito
Foto: Gabriel Lopes/ Bahia Notícias

Apesar da disposição do PT para dialogar com “todas as pessoas e todas as siglas”, e até mesmo com DEM, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que em relação ao ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, a situação é diferente. Segundo Lula, não há sinalização de disposição, por parte do ex-gestor, para que esse diálogo aconteça.

 

A avaliação do petista em visita à Salvador nesta quinta-feira (26) é de que ACM Neto já definiu que o PT “é inimigo dele aqui”. Sob esse argumento, Lula sinalizou que não tem o que conversar politicamente com o ex-prefeito soteropolitano.

 

Em relação ao Democratas a nível nacional, o ex-presidente se mostrou aberto e disposto. Ele citou que o partido tem se enfraquecido, com a saída de nomes importantes para outras siglas, mas ainda assim, deixou aberta a possibilidade, caso o DEM queira, de conversar com o PT sobre o futuro do Brasil.

 

“Nós não negaremos diálogo com nenhum partido político, por isso eu tenho viajado. Já encontrei com muita gente que era oposição e que quer conversar”, disse Lula ao citar como exemplo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Tasso Jereissati (PSDB), Cid Gomes (PDT), e Roseana Sarney.

Histórico de Conteúdo