Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Maioria dos deputados baianos foi favorável ao retorno das coligações partidárias em 2º turno
Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados

Dos 37 deputados federais que representaram a Bahia na Câmara, na votação da reforma eleitoral em 2º turno, apenas nove votaram contra a proposta de emenda à Constituição 125/2011. Apreciada em plenário na noite desta terça-feira (17), a PEC teve 347 votos a favor e 135 contra, no total.

 

Em relação à bancada baiana, 28 deputados votaram pela aprovação da reforma eleitoral que prevê a volta das coligações partidárias nas eleições proporcionais (deputados e vereadores) a partir de 2022. A matéria agora segue para o Senado.

 

Confira como votou cada parlamentar baiano:

 

A FAVOR DA REFORMA ELEITORAL

Abílio Santana (PL-BA)
Adolfo Viana (PSDB-BA)
Afonso Florence (PT-BA)
Alex Santana (PDT-BA)
Alice Portugal (PCdoB-BA)
Bacelar (Podemos-BA)
Cacá Leão (PP-BA)
Charles Fernandes (PSD-BA)
Claudio Cajado (PP-BA)
Daniel Almeida (PCdoB-BA)
Igor Kannário (DEM-BA)
João C. Bacelar (PL-BA)
Jorge Solla (PT-BA)
José Nunes (PSD-BA)
Joseildo Ramos (PT-BA)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Marcelo Nilo (PSB-BA)
Márcio Marinho (Republicanos-BA)
MárioNegromonte Jr (PP-BA)
Paulo Magalhães (PSD-BA)
Raimundo Costa (PL-BA)
Ronaldo Carletto (PP-BA)
Sérgio Brito (PSD-BA)
Tia Eron (Republican-BA)
Tito (Avante-BA)
Uldurico Junior (PROS-BA)
Valmir Assunção (PT-BA)
Zé Neto (PT-BA)

 

CONTRA A REFORMA ELEITORAL

Antonio Brito (PSD-BA)
Arthur Maia (DEM-BA)
Elmar Nascimento (DEM-BA)
Félix Mendonça Jr (PDT-BA)
Leur Lomanto Jr. (DEM-BA)
Otto Alencar (PSD-BA)
Paulo Azi (DEM-BA)
Professora Dayane (PSL-BA)
Waldenor Pereira (PT-BA)

 

Os deputados José Rocha (PL-BA) e Pastor Isidório (Avante-BA) não participaram da votação.

Histórico de Conteúdo