Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Kiki Bispo cobra apuração contra crime contra casal queimado em situação de rua
Foto: Reprodução / Twitter

O secretário  Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), Kiki Bispo, pediu apuração para o crime contra o casal em situação de rua queimados no final da tarde desta segunda-feira (16), ao lado do Forte São Diogo, Porto da Barra (reveja aqui). Kiki não apenas pediu uma apuração breve por parte da Secretaria de Segurança Pública, como determinou uma força-tarefa pela Sempre para assisti-los, “como forma de amenizar tamanha atrocidade”.  

 

“Toda nossa equipe, a exemplo de assistentes sociais, psicólogos, com todos nossos benefícios,  entre outros, estarão à disposição de ambos, 24 horas, pois se trata de mais um caso absurdo que merece investigação e punição”, conclamou Kiki Bispo.

 

“Em especial, no sentido de elucidar esse caso bárbaro, onde o casal dormia em uma barraca improvisada com lonas e sombreiros tranquilos quando uma pessoas ainda não identificada ateou fogo na cabana. É muito triste que ainda existam pessoas assim, sem a menor humanidade”, indignou-se, porém, sem deixar de frisar ter toda esperança na recuperação do casal. 

 

Por fim, o secretário apelou que a Secretaria de Segurança Pública se una com a Sempre, no sentido de proteger as pessoas em situação de vulnerabilidade para que esse índice não se eleve ainda mais. “Pois, tem se tornado uma frequência e não podemos nos tornar  suscetíveis a esses criminosos”, enfatizou. 

 

Ambos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para o Hospital Geral do Estado (HGE).

Histórico de Conteúdo